Pesquisar este blog

Carregando...

quarta-feira, 7 de maio de 2014

MPCE relança campanha “Não dê Esmola à Criança em Situação de Rua”

Notícia do site Ministério Público do Estado do Ceará do dia 07/05/2014. Segue Link: http://www.mpce.mp.br/servicos/asscom/destaques.asp?cd=3064


esmolanao2014.jpg
O Ministério Público do Estado do Ceará, através do promotor de Justiça  Edson Landim, lança, dia 17, a campanha “Não dê Esmola à Criança em Situação de Rua”, na escola Eudoro Correa, às 8h, na rua Júlio Braga, 101, Parangaba. Sob o lema “Tome uma decisão, não dê esmola, construa um cidadão”, a ação é realizada em parceria com o Conselho Comunitário da Parangaba.

 Para o coordenador da campanha, o promotor de Justiça Edson Landim, a continuidade e o crescimento da campanha revelam uma necessidade que a sociedade tem de reagir contra o quadro cada vez mais desolador de crianças pedindo esmolas nas ruas de Fortaleza. “A mendicância não resolve a situação dessas crianças e ainda as aproxima da droga e da criminalidade” - afirma o promotor.

 Durante o evento, são feitas exposições de orientação e conscientização em relação às drogas, é distribuído material informativo sobre o problema da mendicância infantil e são prestados diversos serviços à comunidade, como por exemplo: emissão de documentos (Carteira de Identidade (RG), CPF, Carteira de Trabalho (CTPS), Passe Livre de Idoso e 1ª Via de Certidão de Nascimento para crianças de 0 a 12 anos); serviços de saúde (verificação de glicemia e pressão arterial, vacinação (triviral, H1N1, hepatite B, antitetânica para adultos e as demais vacinas para crianças), prevenção e educação bucal.


 Haverá palestras de DST / AIDS, distribuição de preservativos, massoterapia); palestras educativas; atendimento Coelce, Cagece; exposição da Divisão de Proteção ao Estudante (Dipre); corte de cabelo; atendimento do conselho tutelar; aplicação de flúor; balcão de ouvidorias; autorização para casamento civil; atendimento jurídico e orientação do núcleo de mediação comunitária; e atividades de entretenimento às crianças, como: apresentação do grupo fanfarra do Eudoro Correa; exposição de animais peçonhentos; turminha do Ronda; exposição e orientações sobre dengue; apresentação de violão; coral da Uece.

sexta-feira, 11 de abril de 2014

MP alerta para estado de vulnerabilidade de crianças de rua na Copa

Notícia do Jornal Diário do Nordeste do dia 10/04/2014. Segue Link: http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/cidade/online/mp-alerta-para-estado-de-vulnerabilidade-de-criancas-de-rua-na-copa-1.993816#

A campanha está em sua 7ª edição e tem como ideia o fato de que quanto mais pessoas dão esmolas, mais crianças se dispõem a pedi-las


criança rua
Dar esmola a crianças em situação de rua cria dependência e não garante o futuro delas
Helene Santos

O Ministério Público do Estado do Ceará (MP-CE) antecipou a divulgação da campanha “Não dê esmola a criança em situação de rua”, para o início de abril com objetivo de alertar a população sobre a vulnerabilidade destas crianças, principalmente, no período que antecede a Copa do Mundo 2014.
"Estamos lançando a campanha para alertar e conscientizar a população para que evitem o hábito de dar esmola, pois ele contribui para a degradação da infância. No período da Copa, estas crianças vão estar ainda mais vulneráveis ao uso de drogas, criminalidade e turismo sexual", explicou o promotor de Justiça Edson Landim.
A campanha promovida pelo MP e pelo Conselho da Parangaba, está em sua 7ª edição e tem como ideia o fato de que quanto mais pessoas dão esmolas, mais crianças se dispõem a pedi-las. "O objetivo é chamar também a atenção do poder público sobre a importância de investimento na educação. A esmola não garante o futuro delas", afirmou o promotor.
As primeiras ações da campanha, como panfletagem e bandeirada, serão realizadas no início da manhã da sexta-feira (11), na Avenida Silas Munguba (antiga Dedé Brasil), em frente ao campus do Itaperi. 
O lançamento oficial ocorrerá no dia 17 de maio e vai contar com uma programação de exposições, apresentações culturais e diversos serviços de atendimento ao cidadão, no Colégio Eudoro Correia, na Parangaba, das 8h ao meio-dia. 

O MP ressalta que, "de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), assegurar os direitos desse público é um dever não só da família, mas do Estado, da comunidade e de toda a sociedade".

segunda-feira, 10 de março de 2014

Antiga estação da Parangaba agora abriga centro de direitos humanos


Notícia do Jornal O Povo OnLine do dia 09/03/2014. Segue Link: http://www.opovo.com.br/app/opovo/cotidiano/2014/03/08/noticiasjornalcotidiano,3217310/antiga-estacao-da-parangaba-agora-abriga-centro-de-direitos-humanos.shtml

O centro foi criado para receber e encaminhar denúncias de violação de direitos humanos, além de prestar assistência jurídica e psicológica. O prédio seria demolido durante as obras da Linha Sul do metrô.

EDIMAR SOARES
O prédio, construído em 1927, recebeu nova pintura, troca de piso e construção de jardim

 
A antiga Estação Ferroviária da Parangaba passou por reforma que garantiu nova pintura, troca de piso e construção de jardim. O prédio, construído em 1927, já foi ameaçado de ser demolido para dar lugar à estação da Linha Sul do metrô. Os moradores discordaram da medida e a solução alternativa foi rebaixar o equipamento a 3,5 metros em relação ao nível da rua para que o metrô passasse sobre o local.

A reforma foi realizada para abrigar o Centro de Referência em Direitos Humanos, do Estado, que funciona desde dezembro de 2013. Uma equipe composta por psicólogo, assistente social e advogado presta assistência aos cidadãos sobre questões de cidadania. O centro é vinculado à Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e é o primeiro a prestar esse tipo de atendimento no Ceará.

Neuma Cipriano, coordenadora do centro, afirma que muitas pessoas chegam até o local curiosas para saber o que funciona na antiga estação. “A Parangaba é um bairro histórico. As pessoas ainda guardam lembranças daqui. Elas chegam para visitar a estação e acabam conhecendo o nosso trabalho”. Segundo ela, o centro foi criado para atender pessoas que tiveram os direitos humanos violados. Os profissionais ouvem os relatos e encaminham as denúncias aos órgãos responsáveis. As pessoas também recebem orientações jurídicas.

“Chega muitos cidadãos com demandas cíveis ou trabalhistas e encaminhamos para órgãos como a Defensoria Pública”, afirma o advogado Jalmi Teles. “Quando as pessoas se apoderam da informação, elas têm possibilidade de lutar contra a violação. Muitas vezes, falta apenas o conhecimento”, completa.
 
Localização
O centro ainda não foi oficialmente inaugurado, mas funciona normalmente e já atendeu 438 casos até o final de janeiro. Para Neuma, a localização facilita o acesso das pessoas. O prédio fica próximo do terminal da Parangaba e da estação da Linha Sul do metrô. “Tem gente que aproveita que vai passar aqui próximo e entra no centro para receber orientação”.

A jornaleira Rose Ancelmo, 47, trabalha na praça ao lado da estação e afirma que o centro renovou o espaço. “Nosso medo era de que a estação ficasse abandonada. Ela agora está bem cuidada”, elogia.

Saiba mais

A Estação da Parangaba é tombada desde de 18 de janeiro de 2008. Erguida em 1873 e reconstruída em 1927, foi a segunda estação ferroviária de Fortaleza, após a Estação João Felipe, no Centro.
 
Sua construção fortaleceu o comércio de farinha, gado e couro na área. Parangaba era o ponto coletor de parte da produção dos roçados de Fortaleza e ponto de convergência de estradas que ligavam a Capital a Maranguape, Pacatuba e Baturité.
 
A estação e a Igreja Matriz são as construções mais antigas do bairro.

Serviço
Centro de Referência em Direitos Humanos
Onde: Rua Dom Pedro II, s/n, Parangaba
Funcionamento: Segunda a sexta, das 8h às 17 horas
Contato: 3101 2998

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Restaurante popular da Parangaba não será mais desativado

Matéria do Jornal O Povo de 31/01/2014 - segue link: http://www.opovo.com.br/app/fortaleza/2014/01/31/noticiafortaleza,3199740/restaurante-popular-da-parangaba-nao-sera-mais-desativado-decide-gove.shtml

Governo do Estado voltou atrás. Atividades estão mantidas e restaurante funcionará normalmente na segunda-feira, 3

Mauri Melo
Governo do Estado havia anunciado que as atividades do Restaurante Popular seriam encerradas nesta sexta-feira


O restaurante popular Mesa do Povo, na Parangaba, não será mais desativado. O Governo do Estado voltou atrás e, nesta sexta-feira, 31, divulgou que o estabelecimento terá suas atividades mantidas e funcionará normalmente na segunda-feira, 3.


O restaurante é administrado pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) que, através de nota, informou que o governador Cid Gomes assegurou recursos para manutenção da unidade por mais seis meses, "período necessário para revisão e reestruturação do projeto", informou.


Ainda de acordo com a STDS, a perspectiva é que a Prefeitura assuma as atividades do restaurante a partir de julho. 


O restaurante
No Mesa do Povo, 1.400 refeições são vendidas diariamente ao preço de R$ 1, sendo metade servida a pessoas com mais de 65 anos. É o único equipamento da Capital que faz valer a Lei Orgânica da Segurança Alimentar e Nutrição (Losan).



O Governo do Estado havia anunciado que as atividades do Restaurante Popular seriam encerradas nesta sexta-feira.

Segundo a STDS, "a paralisação se deu para avaliação das ações e revisão do projeto". Nenhuma data ou detalhamento sobre novas estruturas que respaldam a Losan foram informadas. Por meio de nota, informou que as negociações estavam sendo realizadas junto à Prefeitura que, através da assessoria de comunicação, informou ainda não ter definições sobre novas ações.
Após entrar com ação civil na Justiça contra o Governo do Estado e ter o pedido negado, o MPE ingressou com um pedido de reconsideração da decisão e aguarda retorno. 

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Trânsito na Parangaba foi alterado a partir de quinta-feira.

Matéria do site Diário do Nordeste de 17/12/2013 - segue link: http://blogs.diariodonordeste.com.br/transitodiario/amc/transito-na-parangaba-sera-alterado-a-partir-da-proxima-quinta-feira/

O retorno localizado na avenida Dedé Brasil, nas proximidades do cruzamento com a ruaGermano Franck, no bairro Parangaba, será fechado a partir da próxima quinta-feira (19).
Segundo a Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC), o objetivo do bloqueio na via é minimizar os conflitos de circulação existentes no cruzamento, além de proporcionar maior segurança aos usuários de transporte coletivo que utilizam o Terminal da Parangaba e demais veículos que acessam os empreendimentos recentemente inaugurados na região.
Com o fechamento, o motorista que vinha da rua Germano Franck (sentido sertão/praia) e utilizava o retorno para acessar a rua Carlos Amora, terá que fazer o trajeto pelas ruas Fagundes Varela, Alemanha e Casimiro de Abreu para retornar à Dedé Brasil. Devido a este trajeto, a rua Fagundes Varela terá sentido norte/sul entre a Av. Dedé Brasil e a R. Alemanha. Já a R. Alemanha passará a ter sentido leste-oeste, entre as ruas Fagundes Varela e Casimiro de Abreu.
Agentes da AMC orientarão o trânsito na região durante os primeiros dias da intervenção. Além disso, placas indicativas auxiliarão os motoristas a compreenderem o novo percurso.
parangaba
Tags